Dicas para iniciantes na magia + Indicações de livros

Cheguei nos meus amigos e falei assim: “Se houvesse uma dica fundamental para você dar à alguém que você se importe e que está começando na magia, qual seria?” e aproveitei para pedir 3 indicações de livros para cada um que eu fiz essa pergunta. O texto à seguir é um compilado de dicas e indicações de livros que amigos me passaram para construir uma breve pauta para uma Livestream que fiz no instagram.

(Ah! A propósito, só queria avisar vocês que toda quarta-feira às 20:00h tem live no meu instagram cujo link é @unholyvictor [é o mesmo do twitter por sinal rs] então segue lá, po!)

Vamos às dicas e indicações de livros!

NOME: Rodrigo Vignoli
INSTA: @rfvignoli @malamagick
MIDIAS: facebook.com/abralas93 / facebook.com/vortexcaoscast

DICA:

Cara, acho que a principal é não ter nenhum tipo de preconceito com nada. Ele precisa estar totalmente aberto. Aberto a ponto de violar a própria desconfiança, aberto a ponto de ir contra os paradigmas de quem pode estar instruindo ele
mas quando eu digo aberto é pesquisar. não é necessariamente frequentar ou ir a fundo
é apenas dar o crédito da dúvida

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Para quem ACABOU de começar e não entende nada do assunto:

– o POP MAGIC para abrir a cabeça para as possibilidades da aplicação mágica
– o CAOS INSTANTANEO do Phil Hine por que ele explana melhor o que pode ser feito e introduz alguns conceitos que serão úteis para o praticante.
– o PRINCIPIA DISCORDIA para que o praticante possa quebrar seus paradigmas estáticos e comece a vislumbrar outras formas de pensar. É um livro que lido REPETIDAMENTE auxilia o estudante a pAssar do 4º para o 5º circuito de consciência do Timothy Leary. Não proponho que o estudante seja um discordiano, minha proposta é que ele se leve menos a sério. Isso é imprescíndivel na Magia do Caos, mas é mais importante ainda na magia cerimonial.

Para quem JÁ COMEÇOU e está procurando livros iniciantes

– o CAIBALION por que ele delimita um pouco como são as influências que nos cercam e nos mostra um mínimo da lógica do Universo
– o LIVRO DOS RESULTADOS por que ele dá outra visão da CHAOS MAGIC e mostra que o improtante são os resultados, sejam eles quais forem
– o maravilhoso ASCENSÃO DE PROMETHEU que é um livro MUST-READ e que vai conduzir o estudante, seja de ocultismo ou qualquer pessoa interessada não apenas pelos poderes da mente, mas também por alargar seus pontos de vista, a novos patamares de consciência. É o meu livro favorito.


NOME: Fernanda Grizzo
INSTA: @grrrrizzo @ouroborosjoias

DICA:

Para entender a si mesmo e os mecanismos que se coloca em movimento ao fazer magia, o conselho da tia Grizzo é fazer um ritual/prática por vez, até identificar o resultado ou falta de resultado disso, anotando sempre.
Se você fizer mil coisas ao mesmo tempo antes de entender como funciona, nunca vai saber o que gerou qual resultado.
Anotar é um mapa de si e do funcionamento do cosmos, e vai acelerar seu processo de compreensão e utilização das coisas.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

O Caibalion – Os Três Iniciados
Dragontime Magic and Mystery of Menstruation – Luisa Francia
O Caminho do Xamã – Michael Harner


NOME: Jeff Fleck
INSTA: @jefffleck

DICA:

– Aprenda na prática os sistemas mágicos que vc deseja conhecer. Na prática a teoria funciona de forma totalmente diferente.
– Treine a sua visualização o máximo que puder… veja bem, visualizar é bem diferente de imaginar.
– Disciplina é importantíssimo, como vc espera controlar os elementos e a porra toda se não consegue nem controlar a sua respiração? Práticas diárias, meu amigo… práticas diárias.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Hands On Chaos Magick – Andrieh Vitimus
Financial Sorcery: Magical Strategies to Create Real and Lasting Wealth – Jason Miller
The Little Book of Demons: The Positive Advantages of the Personification of Life’s Problems – Lionel Snell


NOME: Danilo Nobrega
TWITTER: @nobregadanilo

DICA:

Aproveite todas as oportunidades, por mais que pareçam irrisórias.
Não tenha medo, não fique paralisado em um suposto bom senso.
Na duvida, faça! “A palavra de pecado é restrição”. da vida ninguém sai vivo.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

O Caibalion (para ter uma base metafísica de trabalho),
– Os Três Iniciados
O Livro dos Resultados (para ter uma base de ação e mecanismo), – Ray Sherwin
Golden Dawn (para se integrar de ritualística integrada aos últimos e já criar arcabouço tanto social quanto simbólico. Seja para construir ou desconstruir ele).- Israel Regardie
***************SEEEEE pudesse mais algo eu indicaria Promethea do Alan Moore, para contextualizar tudo acima em uma narrativa, pq criar narrativas é essencial.


NOME: Dan Cruz
INSTA: @dancruz48
MIDIAS: platinorum.com

DICA:

Foco. Tenta. Não vai pro método que parece mais fácil/rápido, vai naquele que tá mais estruturadinho mesmo que ele demore mais e busca entender o porquê dele ser desse jeito
E o aviso importante, mago é tudo mentiroso. Texto de magia tudo tem pegadinha. Você ouve um “tudo é permitido”, um “faça o que tu queres”, é tudo uma mentira pra esconder o que tá de verdade por trás do bordão. Nunca fica na primeira impressão de nada que ouvir.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

-Autodefesa Psíquica, da Dion Fortune. Ele não é benéfico só pra magia, ele te orienta a se defender no Astral e também de pessoas tóxicas, que usam meios convencionais pra manipular você. Galera gosta de negligenciar defesa, mas era pra ser o primeiro passo.
– Caibalion, dos três iniciados. Apesar da linguagem voltada pro hermetismo, as Leis que ele descreve são naturais (eu prefiro essa palavra que “universais”). A magia passa por elas, vc ñ vai escapar, é a lógica de como o movimento ocorre na Natureza e ou vc compreende isto ou toma na orelha do próprio feitiço.
– Liber Null&Psiconauta. É um programa de treino legal, que pode exigir certa orientação de alguém experiente (pelas pegadinhas) mas que é atraente pela neutralidade proposta. Eu acho legal passar pra pessoa ir fazendo esses exercícios, e junto pegar algum programa por ex Golden Dawn (com RmP e tudo), pra ela comparar e perceber as bases.
E os textos do Psiconauta apontam muita coisa que a galera gosta de xingar hj (como saber aproveitar um tempo mágico de ciclo) porque aquilo traz uma vantagem pra sua prática, e não uma restrição.
– Como menção honrosa, coloco O Caos dos Iluminados da Wanju por fazer o trajeto, a contextualização e a introdução teórica a magia do caos. Numa linguagem fácil, sem tentar se colocar como a transgressora da balada e ainda não menciona sigilo&servidor, mas criação de sistemas


NOME: Heric Pará
INSTA: @desaprendo

DICA:

Aprenda a meditar, não interessa qual vertente você vá seguir, APRENDA A MEDITAR.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Modern Magick – Donald Michael Kraig
Autodefesa Psíquica, Dion Fortune
Tratado Elementar de Magia Prática, Papus


NOME: Arthur Xenofonte
INSTA: @arthurxenofonte
MIDIAS: facebook.com/ThelemaCe

DICA:

Bom, estudar com a caneta do lado. Estudo sem anotação é falho, você se esquece, então:

1 – Mantenha um diário Mágico.
2 – Pratique, oriente seu estudo para um viés prático.
Tá estudando Caos, faça sigilos e combinações loucas, tá estudando GD, faz RmP e RmH todo dia, faz saudação aos Sol, todo dia tira uma carta, etc.
E vai anotando.
3 – não tenha preguiça, seja de anotar, seja de praticar e seja para assumir que errou alguma vez consigo e/ou com alguém. O ideal é consertar.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Golden Dawn – Israel Regardie
Tarot, O Templo Vivente: um guia seguro para o Tarot de Crowley – Frater Goya
Thelema: Uma introdução à obra de Aleister Cowley – Frater Kalimann


NOME: Elton Vieira
INSTA: @eltvieira

DICA:

Teoria é importante. Ansiedade e Magia não são uma boa combinação e o avanço prematuro das práticas mágicas pode te matar, literalmente.
Constrói a ti mesmo com relação a magia e ao universo, reforça o teu DNA mágico, isso vai te livrar de algumas roubadas e situações idiotas.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

O Caibalion (Três Iniciados) e A Chave dos Grandes Mistérios (Eliphas Levi).
Onde Vivem os Demônios; Tudo o que você precisa saber sobre magia (Frater U.D.)
Liber Null e Psiconauta (Peter J. Carrol).


NOME: Paulo Chesini
MIDIAS: divagacoes.org / facebook.com/divagacoes.org

DICA:

Faça merda, aproveite que ainda não tem muita responsabilidade sobre nada e teste seus limites, essas experiencias serão cruciais pro seu desenvolvimento(e amadurecimento) mágico.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Promethea – Alan Moore
Sandman – Neil Gaiman
The Invisibles – Grant Morrison


NOME: Germânia
INSTA: @germaniayggdrasil
MIDIAS: theevildm.bandcamp.com

DICA:

Não se meta a fazer coisas por sua conta e risco. Banimento é necessário e existem vários em várias filosofias e religiões e precisa fazer e FIM. Não dá p pular etapas. Não dá p fazer o q der na telha. Paradigma é essencial. Ler, estudar, perguntar o coleguinha q realmente é experiente é não é sacana, ter instrutor honesto.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Ataque e Defesa Astral – Marcelo Ramos Motta
Liber Null e Psiconauta – Peter J. Carrol


NOME: João Maia
INSTA: @jotapemaia
MIDIAS: facebook.com/pharmakoletivo

DICA:

NUNCA NUNCA NUNCA SE ESQUEÇA: toda percepção é uma aposta!

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Cosmic Trigger I: The Final Secret of the Illuminati – Robert Anton Wilson
Angel Tech: A Modern Shaman’s Guide to Reality Selection – Antero Alli
Future Ritual – Philipp H Farber


NOME: Tommie Kelly
INSTA: @tommiekelly
MIDIAS: facebook.com/adventuresinwoowoo / adventuresinwoowoo.com/

DICA:

Se a sua Magick (ou, de fato, sua vida) não está funcionando do jeito que você deseja, provavelmente o problema é você. Trabalhe em tornar-se o seu melhor “eu” mais do que confiar na magia para obter coisas.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Advanced magick for Beginners – Alan Chapman
Modern Magick – Donald Michael Kraig
RuneSoup.com (Não é livro, é site/blog)


NOME: Fausto Ramos
INSTA: @caosofiacanal
MIDIAS: youtube.com/CaosofiaCanal

DICA:

Antes de se jogar no Caos, coloque sua vida em Ordem. Quando o caos começar a agir, você verá as coisas “saindo do lugar” e o efeito do seu trabalho se tornará mais claro

INDICAÇÃO DE LIVROS:

Liber Al – Aleister Crowley
A Voz do Silêncio – Helena Petrova Blavatsky
Atrivium – Comunidade Awake


NOME: Bianca Medeiros
MIDIAS: http://viridariumumbris.tumblr.com/

DICA:

Sonhe, sonhe, sonhe, imagine, visualize, crie. Sempre exercite a sua capacidade de criar com a mente, de se abrir pras ano abstrações e imaginação. Isso ajuda tanto! Desde compreender novos conceitos, como estar aberto e apto para experiências novas, assim como tornar sua visualização em uma das suas melhores ferramentas.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

O primeiro seria “A Sacerdotisa do Mar”, Dion Fortune, me fez perceber que dá pra conciliar prática e teoria, trabalhar o feminino, o lunar, o sonhar e as escolas esotéricas/ocultistas sem que um exclua o outro.
O segundo foi a “Cabala Mística”, Dion Fortune, onde tive o primeiro real contato com a cabala e isso abriu portas e janelas pra muitas outras coisas.
O terceiro não é esotérico, mas literário.
“Demian”, do Hermann Hesse. Mas foi fundamental pra incentivar a jornada. Quebrar paradigmas, se recriar e tirar força do simbolismo/crença sem apego puro.


NOME: Gelo
INSTA/TWITTER: @etnoesquizo
MIDIAS: vortexcaoscast.coletivando.org

DICA:

Aprenda o que é seu dia, conscientize-se do que é a sua vida: quanto tempo leva pra tomar banho, como come, estas coisas ajudarão muito quando for começar a analisar de onde vem as mudanças que a magia tá trazendo. Sério gente, faz um check up de TUDO: qual tag porno mais consome, que tipo de salgado escolhe, qual a lógica que usa pra escolher roupa na hora de sair de casa, este tipo de coisa vai ser onde a magia será percebida.

INDICAÇÃO DE LIVROS:

1 – Liber Vel Manus Et Sagitae – Aleister Crowley
2 – Magus – Francis Barret (tem TUDO que você irá precisar)
3- Trabalho e Preparação do Iniciado – Dion Fortune


*Procurei reproduzir o que foi dito com exatidão, copiei e colei aqui direto da conversa onde foi passada cada dica e indicação para ser o mais fiel possível.

SÓ TENHO À AGRADECER AOS AMIGOS QUE SE PUSERAM À DISPOSIÇÃO PARA CONTRIBUIR COM TUDO ISSO.

Quadrados Magickos, Sigilos e o Quadrado Magicko de Éris

Um quadrado magicko (kamea em hebraico) consiste em uma série de números dispostos em um quadrado para que a soma de qualquer linha seja igual a um de qualquer coluna. Para a maioria dos quadrados magickos, a soma de qualquer uma das diagonais também equivale à soma de uma linha ou coluna. Os quadrados magickos foram estimados por suas propriedades magickas e matemáticas há milhares de anos na China, na Índia e no Oriente Médio.

  • Há oito arranjos diferentes de um quadrado magicko de nove divisões (3×3).
  • Existem 880 maneiras de organizar um quadrado magicko de 16 divisões (4×4).

No entanto, estamos preocupados (no momento, “para início de conversa”) apenas com os sete kamea, tradicionalmente associados aos sete planetas na prática kabbalah. Cada uma dessas kamea está associada a uma Sephirah planetária na Árvore da Vida.

Cada kamea tem um “selo”, que é um diagrama geométrico projetado de modo a tocar todos os números do quadrado. O selo é usado na magia talismã para representar todo o quadrado do padrão e para atuar como testemunha ou governador para eles. O selo é o epítome ou a síntese do quadrado.

Há também uma “Inteligência” e um “Espírito” conectado a cada kamea que são derivados dos números-chave do quadrado usando técnicas de gematria.

Cada Inteligência e Espírito tem um sigilo, que é considerado um glifo analógico do nome, número, força, etc. Esses sigilos são obtidos convertendo o nome do Espírito ou Inteligência em uma forma numérica usando o Aiq Bekar , ou Kabbalah Hermética.

Se o equivalente numérico de uma letra não existir em um determinado kamea, o número é “reduzido” ao próximo valor mais baixo na mesma divisão do Aiq Bekar até se encaixar no kamea. Um caracter nunca deve ser reduzido além do necessário.

A sequência numérica resultante é então traços no kamea apropriado para produzir o sigilo desse nome.

Os selos e sigilos tradicionais não seguem, em todos os casos, toda a sequência numérica de cada nome. Alguns dos sigilos mais longos parecem ter sido encurtados ou comprimidos para facilitar o uso. De qualquer forma, estou reproduzindo-os essencialmente nas mesmas formas oferecidas pelos dois. Barrett e Israel Regardie, pois estas são as formas tradicionais dos sigilos.

Cada quadrado magicko representa uma matriz de energia planetária. Os quadrados magickos baseiam-se no trabalho original realizado por matemáticos antigos na sua descrição dos números. Os praticantes de magick expandiram-se sobre isso para transferir a correlação entre um número e seu planeta correspondente, representando energia planetária em um formato matemático.

Um quadrado magicko é composto por três números-chave. O primeiro é o número planetário. O segundo é o quadrado do número planetário (ou o número planetário multiplicado por si próprio). O terceiro é a soma do quadrado (ou todos os números incrementais começando em 1 que é necessário para preencher as caixas no quadrado adicionado e depois dividido pelo número planetário).

Saturno é representado pelo número 3.

Comece desenhando o quadrado magicko com 3 caixas horizontalmente e verticalmente para um total de 9 quadrados (o quadrado de 3 sendo 9).

Isso faz com que a soma do quadrado neste caso 1 + 2 + 3 + 4 + 5 + 6 + 7 + 8 + 9 seja igual a 45. Agora 45 dividindo pelo número planetário de Saturno de 3 isso é igual a 15.

Cada linha de números na magia quadrada, horizontal e verticalmente, deve ser igual a 15 (a soma do quadrado do número planetário de 3).

Ao desenhar o quadrado magicko, todos os números devem ser colocados no quadrado, em sequência, começando com o número 1. Este é o quadrado da magia que representa Saturno. Observe que o quadrado é 3 por 3 e que todas as linhas são iguais a 15.

Sigilos

A palavra “sigilo” vem do latim sigillum, ou seja, um sinal ou assinatura. Em termos magicko, um sigilo é um glifo (unitário) derivado de uma fórmula de nome, palavra ou intento por meio de um processo analógico direto (como conversão numérica e rastreamento em quadrados magickos [kamea]). Se o processo apropriado for revertido, o nome ou a palavra podem ser recuperados do padrão do sigilo. No entanto, se o sinal for condensado ou comprimido, ou se ele for gerado usando um sistema que você não conhece, talvez você não consiga decifrá-lo ao reverter o processo de codificação (mas cá entre nós, ninguém ta preocupado em reverter a estrutura “física” do sigilo, não é mesmo, amiguinhos?)

A ideia importante é que a semente ou essência de uma força, conceito ou padrão é igualmente no sigilo e no nome (logos). Sigilo e intento são as duas facetas da mesma coisa (Calma, vai lendo com calma rs). Podem dizer-se que se relacionam muito com os termos sânscritos, yantra e mantra.

Existem muitas aplicações e formas de sigilos além daquelas dos Espíritos Planetários e das Inteligências.

Seu próprio nome pode ser convertido em forma numérica e traçado em kamea planetária para fornecer um sigilo de si mesmo no aspecto desse planeta particular. Isso pode ser útil para o trabalho com talismãs, rituais de evocação ou meditação direta. Existem muitos outros usos e variações.

Pode ser visto como um símbolo da nossa intenção. Sigilos incorporados com outras influências adicionam direção e foco para desenvolver o trabalho. Os sigilos podem ser traçados no ar, esculpidos em velas, desenhados em papel e queimados, etc. Os sigilos podem ser desenhados ou formados usando os quadrados magickos que são descritos acima (Mas não se esqueçam que pode ser sonoro e das mais diversas formas, ta?)

Saturno rege instituições e negócios financeiros, como bancos, transações imobiliárias, investimentos, instituições educacionais, etc. Exemplo: se sua intenção for investir com sucesso. Você quer um símbolo para representar a si mesmo em seus esforços de investimento. Então, ao escolher a palavra “investidor” para ser seu sigilo, a visualização é de si mesmo como um investidor inteligente, cercada de aspectos favoráveis ​​e escolhas claras para aumentar o seu dinheiro.

Este é um método que utiliza o sistema ocidental de numerologia. Cada letra tem um equivalente numérico atribuído a ele (veja o quadro abaixo).

Pegue a nossa palavra chave, “investidor”, e trace-a para o gráfico mostrado acima.

Começando com seu primeiro número correspondente e continuando por cada um em ordem, você desenha seu sigilo.

Abaixo vou deixar disponíveis algumas opções de geradores de sigilos sobre quadrados magickos automatizados e gratuitos.

O Quadrado Magicko de Éris

Sabendo também que todo Quadrado Mágico é resultado de uma progressão aritmética, e também que existe um planeta-anão batizado com o nome da deusa Éris, resolvi fazer uma adaptação voltada em partes para pop-magic e construí o quadrado magicko de Éris com a grandioza instrução matemática da Soror Prilasci. Segue abaixo.

Aproveitando NASA captou algumas vibrações vindas de todos os planetas, planetóides e corpos celestes menores que teve acesso e as codificou em sons, deixo aqui o vídeo com o som do planetóide Éris, que pode muito bem ser utilizado não apenas na construção física do sigilos  a partir do quadrado magicko acima, como também no processo de ativação/lançamento do intento sobre o sigilo.

 

Referências usadas: Mysteria Magica, de Melita Denning, Osborne Phillips – LIBER
LV III, de Aleister Crowley – Liber 777, de Aleister Crowley

 


Para ficar de olho em mais textos, vá em Arte Abismal e dê uma mãozinha com o polegar em rije na página!